quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Servidores públicos estaduais do SUS de Juiz de Fora não receberam complementação

Pelo segundo mês consecutivo a prefeitura de Juiz de Fora não paga no dia 20, conforme é praxe e é habitual a complementação salarial devida aos servidores públicos estaduais. Essa situação tem gerado desconforto e indignação. O Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora, em nome dos médicos e de todos os funcionários públicos estaduais cedidos à prefeitura para atuarem no SUS levantam seu firme protesto à secretaria de saúde, dirigida pela senhora Elizabeth Jucá, à SARH e à administração municipal do senhor Bruno Siqueira. Pedimos que a prefeitura honre seu compromisso com aqueles que lhes prestam serviços, apesar das condições precárias de trabalho.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Irregularidades no atendimento infantil em Juiz de Fora

http://wp.me/pgRVL-RZ

O documento aponta falhas de cadastramento, organização de estrutura, infraestrutura e alerta de que o local não possui alvarás sanitário e de localização, nem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde.

De acordo com o presidente do sindicato, Gilson Salomão, será solicitado que os promotores acompanhem as providências solicitadas pelo CRM no documento

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Funcionários da prefeitura de Juiz de Fora com risco de atraso no pagamento

Funcionários municipais de Juiz de Fora em risco de atraso de pagamento - http://wp.me/pgRVL-RU

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

CNPL é a confederação que representa os profissionais liberais do Brasil


"Em decisão expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, no dia 24 de agosto, a Justiça do Trabalho reiterou, mais uma vez, por meio de recurso de revista a legítima representatividade da Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL, como única e exclusiva entidade sindical dos profissionais liberais em todo território nacional.

A decisão expedida se refere à alegação de que a Confederação Nacional dos Trabalhadores Universitários Regulamentados - CNTU, ora recorrente, teria recuperado o seu registro sindical em março deste ano, por decisão administrativa do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE. No entanto, é importante ressaltar que decisão administrativa não pode se sobrepor à decisão judicial já expedida."
http://www.cnpl.org.br/new/index.php/81-destaque/1404-justica-reitera-cnpl-e-unica-e-exclusiva-representante-dos-profissionais-liberais

domingo, 20 de agosto de 2017

JUIZ DE FORA - CRISE NO SUS: SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS MUNICIPALIZADOS MAIS UMA VEZ SEM COMPLEMENTAÇÃO

Chegamos a 21 de agosto e a complementação salarial devida aos servidores estaduais municipalizados não foi paga.

É importante deixar claro para a senhora secretária municipal de saúde e para aadministração municipal que esse atraso é visto pelos trabalhadores do setor público como motivo deindignação, desalento e revolta. O atraso é falta de respeito e de consideração.

A data do dia 20 foi acertada em comum acordo entre as partes, não tendo sido estabelecida de formaaleatória ou arbitrária, portanto há muito descaso em seu não cumprimento.

Não é a primeira vez que essa surpresa desagradável vitima os servidores estaduais, portanto já houve tempo para estudos e providências que corrigissem essa distorção.

É do conhecimento de todos que o governo estadual tem atrasado e parcelado o pagamento dos servidores públicos estaduais, o que torna esse não pagamento pela prefeitura ainda pior. Trata-se de um recursonecessário à subsistência dos servidores e esses atrasos acarretam aborrecimentos, juros, multas, pagamentos atrasados a terceiros.

participação dos servidores públicos estaduais municipalizados têm sido importante, até o momento, no funcionamento do SUS local, em especial garantindo o funcionamento de especialidades médicas para as quais a prefeitura não consegue atrair e fixar profissionais, usando mão de obra precária e de alta rotatividade, em detrimento dos usuários.

Mais uma vez e antes de qualquer medida mais drástica o sindicato dos médicos vem deixar claro o seu protesto e esperar providências robustas e sérias dos atuais ocupantes da administração municipal.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

AGOSTO DE 2017 - MÉDICOS DA REDE PRIVADA INICIAM CAMPANHA SALARIAL EM JUIZ DE FORA E REGIÃO

AOS MÉDICOS DE JUIZ DE FORA E REGIÃO.

AVISO IMPORTANTE

CAMPANHA SALARIAL 2017 DA REDE PRIVADA, inclusive terceirizados de hospitais, estabelecimentos de saúde e operadoras de planos de saúde.

Uma Assembleia Geral dos Médicos que trabalham na rede privada de Juiz de Fora e região abriu no dia 15 de agosto a campanha salarial de 2017 para todo o setor. interesse especial para os médicos terceirizados quer fazem plantão — exercendo atividades—fim do serviço público—  nas UPAS, que são unidades públicas de saúde.


Na Assembleia foram pontos  discutidos, o piso salarial para os médicos e as relações de trabalho, já que há muitas irregularidades nesse campo.


Informamos que o Sindicato representa os médicos que são empregados de hospitais e entidades de saúde, mesmo os terceirizados e que a legislação trabalhista e os direitos sociais são também extensivas aos médicos, apesar do frequente desrespeito.


A mobilização dos profissionais é fundamental para que os direitos dos médicos sejam garantidos. Direitos trabalhistas e previdenciários.


O Sindicato não abdica em nenhum momento da sua função de defesa da classe médica e sua diretoria tem feito todo o empenho nesse sentido, tanto no setor público quanto no privado.


A ASSEMBLEIA GERAL dos médicos da rede privada, inclusive dos terceirizados, foi declarada em caráter permanente e uma nova reunião acontecerá no próximo dia 22 de agosto, terça-feira, com presença da assessoria jurídica para discutirmos todas as providências necessárias para a campanha salarial desse ano.


Hospitais e instituições de saúde que tentam driblar ou sonegar os direitos sociais e trabalhistas que a lei garante aos médicos não devem ficar sossegados.


NÃO SE ESQUEÇAM DE DIVULGAR, AVISAR AOS COLEGAS, COMPARECER E PARTICIPAR.


Chega de sermos apenas cobrados e achacados. Chega de vendermos o nosso trabalho valioso e nossa responsabilidade profissional por preço vil.

ASSEMBLEIA GERAL DOS MÉDICOS DA REDE PRIVADA DE JUIZ DE FORA E REGIÃO - DIA 22 DE AGOSTO DE 2017 - TERÇA-FEIRA - 19 HORAS E TRINTA MINUTOS - NA SOCIEDADE DE MEDICINA E CIRURGIA DE JUIZ DE FORA - RUA BRAZ BERNARDINO, 59, CENTRO, JUIZ DE FORA - MG

terça-feira, 1 de agosto de 2017

FENAM ADERE A PROTESTOS CONTRA MINISTRO DO PONTO ELETRÔNICO

http://www.fenam.org.br/site/noticias_exibir.php?noticia=367

A equiparação do trabalho médico ao trabalho industrial é um equívoco visto por pessoas ignorantes do assunto como medida moralizadora e solução para os graves déficits que assolam o SUS.
DIA 3 OS MÉDICOS RESPONDERÃO.

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo