quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sindicatos em defesa do SUS em Juiz de Fora

Telegrama Sindical
Data 01 agosto 2012 Quarta feira, 18 horas e trinta minutos
Remetente Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora e da Zona da Mata de Minas Gerais

__________________________________________________________

*** ATENÇÃO - Em defesa do SUS, dos direitos dos trabalhadores na saúde - contra o arrocho, o sucateamento e a precarização do SUS.

ATO PÚBLICO E ASSEMBLÉIA

A próxima assembléia será 14 de agosto, terça-feira, 19 horas e 30 minutos, na Sociedade de Medicina.

*** *** *** IMPORTANTE *** *** ***

Dia 04 de agosto de 2012, sábado próximo, a partir de 10 horas, no Calçadão (Rua Halfeld), em frente ao Banco do Brasil - ATO PÚBLICO EM DEFESA DA SAÚDE EM JUIZ DE FORA.

__________________________________________________________

O movimento dos médicos municipais da Prefeitura de Juiz de Fora está se expandindo. Trata-se de uma campanha em defesa do SUS, de sua qualidade e aperfeiçoamento, em benefício dos que o utilizam e dos que nele trabalham.

*** Em primeiro lugar resulta óbvio que o SUS é assunto de interesse geral. O debate sobre os serviços públicos de saúde não interessa apenas as usuários e trabalhadores de saúde. Pesquisas de opinião o colocam entre as principais preocupações dos brasileiros, o assunto ocupa os debates das tribunas legislativas, vai para as páginas da imprensa e é objeto de uma judicialização nem sempre justa.

*** Em segundo lugar, o serviço público de saúde tem que ser levado a sério. Há que produzir satisfação e segurança para quem o usa e para quem nele trabalha. Esses lados não são antagônicos e nem contraditórios. Trabalhadores dos serviços públicos de saúde merecem trabalho decente. Concurso público, cargo, carreira, salários dignos, igualdade de oportunidades, fim de toda forma de assédio moral, condições adequadas para atendimento aos usuário do serviço, tudo isso é o que significa trabalho decente, que atrai e fixa profissionais e que qualifica o serviço prestado. E tudo isso foi negado pelo prefeito Custódio Mattos, que optou pelo arrocho salarial, foi negligente causando sucateamento da saúde pública e desencadeou a precarização do SUS em Juiz de Fora.

*** A Assembléia de ontem (31/7) contou com a presença de diretores do Sindicato dos Médicos, do presidente do SINSERPU, Amarildo Romanazzi e membros da diretoria daquele sindicato, de conselheiros municipais de saúde, de representantes da diretoria do SindSaude MG, de uma expressiva representação da classe médica e de trabalhadores dos serviços públicos de saúde, de representantes de centrais sindicais. Deram a honra de sua presença o candidato a prefeito pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), Laerte Braga, o vereador José Tarcísio (PTC), candidatos a vereador e representantes de vários segmentos da sociedade civil organizada.


Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo