sexta-feira, 24 de junho de 2016

Médicos da Prefeitura de Juiz de Fora vão manter paralisação até 27/6, diz sindicato

Fax Sindical - Urgente
24 de junho de 2016
Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora e Zona da Mata de Minas.

--------------------------------------

ATENÇÃO MÉDICOS DA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA.

A PARALISAÇÃO CONTINUA ATÉ SEGUNDA-FEIRA (27 de Junho) - ASSEMBLEIA À NOITE NA SOCIEDADE DE MEDICINA.

--------------------------------------

Apesar de todas as dificuldades, o movimento dos servidores municipais pela reposição do IPCA conseguiu um acordo com a PJF. 

Na segunda-feira seguem para Belo Horizonte o nosso diretor sindical, Dr. Carlos Roberto Gasparette e o advogado do Sindicato, Dr. João Fernando Lourenço, para participar de audiência no Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Nessa audiência poderemos finalmente ter um acordo entre a PJF e os sindicatos representantes do funcionalismo. Esse acordo contemplará a reposição salarial pelo IPCA e a questão dos dias parados. No dia 23 foi redigido um acordo entre as partes que será levado para o Tribunal, com a finalidade de que seja assinado formalmente com a mediação da Justiça. Até que haja oficialmente um acordo assinado, o movimento não pode parar. Não podemos correr risco de perdas salariais.



Conforme noticiado na imprensa local, ""a Procuradoria Geral do Município (PGM) solicitou que, na homologação do acordo perante ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), em Belo Horizonte, conste que o Executivo não será penalizado por aplicar o índice acima do acumulado dos seis primeiros meses de 2016."
Fonte: http://www.tribunademinas.com.br/prefeitura-oferece-novo-indice-de-reajuste/

Correspondência para guatemoz@gmail.com 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo