terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Prefeitura de Juiz de Fora: persiste conflito com agentes de endemias

*** Fax Sindical *** 29/01/2013

Correspondência eletrônica do Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora e
______________________________________________

SUS em crise - Conflito trabalhista na Prefeitura de Juiz de Fora

Sindicato dos Médicos apoia SINSERPU na luta em defesa dos agentes de endemia

______________________________________________


Não combatem os mosquitos, combatem os agentes de endemias



O SINSERPU não tem poupado esforços na sua ação em defesa dos trabalhadores do setor de endemias, encarregados do enfrentamento à dengue, que ameaça nossa cidade.

Quando se faz necessária a união de todos na ação firme contra a ameaça da dengue, a Prefeitura de Juiz de Fora, demitiu trabalhadores do setor público encarregados exatamente de atacar os focos dos mosquitos da dengue. Esse fato tornou-se público na sexta-feira, 25 de janeiro. Sob a coordenação do SINSERPU a reação dos trabalhadores em defesa de sua dignidade e do respeito pelo seu trabalho desencadeou uma paralisação. O Sindicato dos Médicos declarou e declara seu reiterado apoio ao SINSERPU e aos agentes de endemias e pede que sindicatos e centrais façam o mesmo. A solidariedade, antes de qualquer coisa, é uma virtude e, quando sentida e manifesta, é poderosa para o movimento sindical e lutas dos trabalhadores. Uma das grandes jogadas dos inimigos dos trabalhadores tem sido minar a solidariedade.

Esses trabalhadores tiveram sua condição colocada em risco por decisão de seus gestores, que procuraram desqualificá-los na Imprensa, rotulando-os como pouco comprometidos no trabalho. Além do evidente dano causado por essas acusações, todo mundo sabe que ameaça de demissão é uma das ferramentas prediletas de quem pratica assédio moral.

Nesse contexto desenhou-se o primeiro confronto trabalhista da administração municipal recém empossada. Desejando que o atual prefeito respeite os trabalhadores que fazem a prefeitura funcionar e não repita os mesmos erros da gestão tucana que a antecedeu, foi sugerida a exoneração da subsecretária que afrontou os trabalhadores que lutam contra o mosquito da dengue. Esse seria um largo gesto de boa vontade.

Nas próximas vinte e quatro horas estão agendadas reuniões de representantes classistas do SINSERPU com gestores municipais. Não está descartada uma nova paralisação.

Os trabalhadores municipais exigem respeito. Especialistas em Medicina do Trabalho, advogados e magistrados da área trabalhista, especialistas em psicologia organizacional, pesquisadores e sindicalistas têm sido unânimes em denunciar o mal estar causado entre os trabalhadores, independente dos níveis de escolaridade e qualificação, pelo assédio moral. Não vamos permitir que isso vire uma técnica de gestão na Prefeitura de Juiz de Fora.

______________________________________________

Leia mais em http://faxsindical.wordpress.com


Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo