sexta-feira, 5 de abril de 2013

São Paulo paga serviços terceirizados não realizados na saúde

.'.Sindicato Expresso.'.

Juiz de Fora, 05 de abril de 2013

Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora e Zona da Mata


Assunto: O Buraco Negro das terceirizações no SUS. Uma questão nebulosa.



Serviços públicos de saúde terceirizados sempre têm levantado suspeitas contra a sua idoneidade. A fiscalização é deficiente.

Não há dúvida que a terceirização em serviços públicos favorece o execrável clientelísmo, ao suprimir os certames públicos. Como ganham as instituições que ganham com as terceirizações e se dizem sem fins lucrativos?


Entidades "sem fins lucrativos" que terceirizam serviços públicos de saúde recebem por serviços que não prestaram. Considerando que são entidades "sem fins lucrativos" e, se isso for verdade, para onde vai o lucro obtido com o faturamento dos serviços não prestados?

A Prefeitura de SP em 2012 pagou R$ 2,1 bilhões a entidades privadas " sem fim lucrativos", fórmula de terceirização de serviços públicos elogiadíssima por SERRA.

Das 530.151 consultas que deveriam ser realizadas apenas 347.454 foram de fato executadas ( 3 em cada 10 consultas não foram feitas).Em 2011 as mesmas entidades deixaram de realizar 41% dos atendimentos previstos.

Repita-se, 41% do atendimento terceirizado não foi feito ,apesar disso ,receberam integralmente os repasses estipulados nos 2 anos ,sem ônus,sem fiscalização,sem inquérito,sem arguição pelo descalabro ( fonte: Folha de SP - 04/04/2013)
Enviado do meu BlackBerry® da TIM

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo