domingo, 8 de novembro de 2020

O pesadelo não acabou. Brasil - quando e como será a segunda onda de COVID?

Não conhecemos todo o potencial maligno da atual pandemia. Por isso, nós brasileiros nos sentimos inseguros e ameaçados diante da visível incapacidade do governo federal diante da crise sanitária. Não sabemos, embora pareça provável, que o Brasil vá sofrer uma segunda onda, já que o país não tem uma autoridade centralizada e unificada de saúde para lidar com a pandemia, mas depende essencialmente de governos locais (municípios e estados), já que a negligência do governo federal e as declarações negacionistas do presidente Bolsonaro são muito sabidas e conhecidas. 


Na Suíça profissionais de saúde declaram que a segunda onda de COVID está pior que a primeira. 

"Digamos que a primeira onda foi suportável, conseguimos controlar tudo e não houve um afluxo maciço. Mas essa nova está sendo muito difícil de manejar. Há muitos pacientes no hospital, é complicado e também há muito mais pessoas testando positivo [para o coronavírus] na equipe".


https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/11/06/temos-muito-mais-pacientes-na-segunda-onda-da-pandemia-do-que-na-primeira-dizem-profissionais-de-saude-em-hospital-na-suica.ghtml


Nos Estados Unidos, até agosto de 2020, mais de 900 trabalhadores de saúde haviam morrido infectados por COVID. (Veja em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2020/08/12/mais-de-900-trabalhadores-da-saude-morreram-por-covid-19-nos-eua.htm ) O governo Trump não soube lidar com a pandemia e isso, com certeza, foi uma das principais causas de sua derrota eleitoral. Os EUA bateram recordes de mortes por COVID e de infectados pela pandemia. 


No dia 30 de outubro de 2020 sindicatos que representam trabalhadores da saúde dos EUA entraram com processo contra o governo de Donald Trump, alegando falta de proteção contra a pandemia (Leia em https://horadopovo.com.br/trabalhadores-da-saude-dos-eua-processam-governo-trump-por-falta-de-protecao-contra-covid/ )


No Brasil, já em maio de 2020 o SindSaúde SP alertava sobre o recorde de mortes de profissionais de enfermagem durante a pandemia (Matéria completa em http://sindsaudesp.org.br/novo/noticia.php?id=6289 )


Estamos, nós brasileiros, sendo capazes de saber o que vai pelo mundo, aturdidos diante de uma crise sanitária que parece não ter fim e, diante da qual, o governo federal, entregue a Jair Messias Bolsonaro, parece negligente e incapaz. 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo