quinta-feira, 28 de maio de 2009

SITUAÇÃO CRÍTICA DO SUS EM JUIZ DE FORA.

Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora (29/5/09)

<<<<<<<<<<<<<<<<< * >>>>>>>>>>>>>>>>>>>

.-.-.-.- Telegrama Sindical .-.-.--.-.-

_______________________________________

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA: O MOVIMENTO MÉDICO ESTÁ FORTALECIDO. OS MÉDICOS NÃO DEVEM COMPARECER ÀS UBS's E UNIDADES DE ATENÇÃO SECUNDÁRIA (PAM's, serviços de clínicas especializadas, CAPS, etc.) NAS PRÓXIMAS TERÇA, QUARTA E QUINTA-FEIRA (02, 3 e 4 de junho).

PARALISAÇÃO - PRÓXIMOS PASSOS - Paralisação 2, 3 e 4 de junho. Assembléia - dia 03 de junho (quarta) na Sociedade de Medicina e Cirurgia. Dia 02 de junho (terça-feira) - Caminhada cívica dos Médicos pelas unidades de saúde - concentração às 8 horas - na rua Marechal Deodoro, em frente ao PAM Marechal.

_______________________________________

*O Sindicato dos Médicos recebeu o apoio do Sindicato dos Odontologistas. As Assembléias de médicos e dentistas deverão ser conjuntas. A presença na Assembléia de 27 de março de vereadores e do Presidente e Secretário Executivo (agora reeleito) do Conselho Municipal de Saúde comprovam o crescimento da força de nosso movimento. Continuando essa luta, a administração do Prefeito Custódio de Matos deverá entender a seriedade e importância do movimento. Ele terá que fazer propostas concretas, reais, bem definidas e consistentes. Não apenas vagas promessas e declarações de intenção que não se traduzem em números, em projetos de lei e em acordos assinados sobre pontos importantes para todos os médicos da Prefeitura.

_______________________________________

*PSF - Foi na gestão anterior do Prefeito Custódio de Matos que os médicos de família foram empregados pela AMAC. Muitos fizeram seleção pública orientada pela Secretaria de Saúde da PJF e fizeram cursos promovidos pela UERJ, em convênio com a Prefeitura. Alguns desses médicos atendem há 14 anos em postos de saúde da Prefeitura. A Prefeitura recebe recursos públicos porque mantém esse atendimento em Saúde da Família. Depois de terem seu salário achatado brutalmente pelas sucessivas administrações municipais, os médicos do PSF agora correm o risco de serem descartados pelo seu verdadeiro empregador, que se beneficiou desse trabalho durante muitos anos. Juiz de Fora está entre as cidades que pior paga os médicos de família e comunidade. Os limites do descaso estão sendo rompidos no SUS de Juiz de Fora.

_______________________________________

*Foram infelizes as declarações da Dra. Eunice Dantas, Secretária de Saúde de Custódio, no programa MGTV de 26 de maio. Esses eram os comentários gerais no meio médico. Plantonistas do HPS queixaram-se de que não recebem os salários que a Secretária falou que são pagos. Falta de conhecimento ou de responsabilidade? E a declaração que o HPS não precisa de urologista, causou revolta não só no Corpo Clínico do HPS, como também no meio dos urologistas. A secretária imagina um hospital de urgência em uma cidade como Juiz de Fora sem serviço de urologia. E não apresentou qualquer solução para o gravíssimo problema da falta de neurocirurgiões. O que mais, Sra. Secretária? As vítimas de acidentes e traumas vão continuar correndo risco no HPS!

_______________________________________

Dossiê SUS Juiz de Fora - os médicos devem continuar enviando relatos escritos, fotos e vídeos, mesmo os feitos em celular, sobre suas condições de trabalho na Prefeitura.

_______________________________________

Para mais notícias visite o site http://sindicatoexpresso.blogspot.com

_______________________________________

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo