sexta-feira, 16 de outubro de 2015

#CRISEnoSUS - Governo deixa de aplicar R$ 171 bilhões na saúde pública desde 2003

Falta de investimento e crise financeira na saúde explicam-se, em parte, pelo fato do governo (desde 2003 - governos de Lula e Dilma) deixarem de aplicar dinheiro na saúde. Curiosamente deixaram de aplicar 171 milhões. Leia a matéria abaixo. Clique no link ao final para conferir a matéria completa. 
Enquanto Estados e Municípios se esforçam para aplicar o mínimo previsto em lei, União deixa de gastar, por dia, R$ 38 milhões que deveriam ser destinados à saúde pública no Brasil
O Ministério da Saúde deixou de aplicar cerca de R$ 171 bilhões no Sistema Único de Saúde (SUS) desde 2003. O valor é superior ao que Estados e municípios gastam no setor durante um ano – R$ 142 bilhões em 2013, por exemplo. A conclusão é o do Conselho Federal de Medicina (CFM), que, com base em dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), revela os resultados da falta de qualidade da gestão financeira em saúde.
As informações veem na esteira da divulgação de pesquisa encomendada pelo CFM ao Instituto Datafolha, e que, dentre outros pontos revelou: para 77% da população brasileira, o dinheiro destinado ao SUS não é bem administrado. Mais da metade dos entrevistados também acreditam o SUS não tem recursos suficientes para atender bem a todo
Fonte: http://jornaldiadia.com.br/governo-deixa-de-aplicar-r-171-bilhoes-na-saude-publica-desde-2003/http://jornaldiadia.com.br/governo-deixa-de-aplicar-r-171-bilhoes-na-saude-publica-desde-2003/ 
http://telegramasindical.blogspot.com.br/2015/10/crisenosus-governo-deixa-de-aplicar-r.html 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo