terça-feira, 23 de junho de 2009

ATOS PÚBLICOS PROTESTAM CONTRA ADMINISTRAÇÃO CUSTÓDIO.

(23/06/2009) Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora
=======================================
<<<<<<< * TELEGRAMA SINDICAL * >>>>>>>
=======================================
MANIFESTAÇÕES DE PROTESTO E INÍCIO DA PARALISAÇÃO DOS MÉDICOS MARCAM O DIA EM JUIZ DE FORA.

O descontentamento contra as políticas de recursos humanos, de saúde e de assistência social da administração Custódio de Matos (PSDB) ganhou as ruas e praças de Juiz de Fora. O movimento começou às nove horas da manhã desse dia 23 de junho. Médicos, com faixas e cartazes, se concentraram no PAM Marechal. Compareceu um número expressivo de profissionais. Houve panfletagem e cobertura da imprensa. Uma caravana de médicos percorria as unidades de saúde para fortalecer a paralisação de 72 horas dos médicos da Prefeitura, que se iniciou hoje. Depois os médicos da Prefeitura seguiram em caminhada cívica até o Parque Halfeld. Lá aconteceu, a partir das dez horas, uma grande manifestação dos funcionários da AMAC, em defesa da instituição assistencial e contra a decisão de CUstódio de Matos de transformar a entidade em uma ONG. Essa saída, imaginada pela atual administração e encaminhada como contraproposta ao Ministério do Trabalho pelo Prefeito, é repudiada pelos trabalhadores e usuários da instituição.
O Prefeito ainda não agendou uma reunião com o Sindicato dos Médicos, solicitada a ele pelo Presidente da Sociedade de Medicina, pelo vereador José Tarcísio, pelo vereador Luiz Carlos. Mas marcou uma reunião paralela com a presença dos médicos de UBS. O Prefeito de Juiz de Fora, com isso, dá mostras de ignorar a ética negocial. Em um processo de negociações ele tenta reunir a categoria desconsiderando a representação classista. A reunião poderia ser considerada normal em qualquer época do ano, mas não durante um processo de negociações. Isso demonstra pouco caso para com a classe médica e sua representação classista. E o assunto será avaliado em Assembléia.
O PREFEITO AINDA NÃO RECEBEU A CLASSE MÉDICA. ONDE FICA O RESPEITO?
A Prefeitura está ameaçando os médicos com cortes de ponto. No caso dos médicos do PSF que são AMAC, a Prefeitura não é capaz sequer de lhes garantir o emprego. A administração CUstódio quer cortar pontos. Parece até piada. Eles não consideram nem o fato do salário do médico da Prefeitura de Juiz de Fora ser, atualmente, uma mixaria.
#+#+#+#+#+#+#+#+#+#+##+#+#+#+#+#+#+#+#
amanhã(24/06) continua a paralisação de 72 horas dos médicos da Prefeitura e haverá assembléia às 10 horas na Sociedade de Medicina e Cirurgia.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo