quarta-feira, 3 de junho de 2009

JUIZ DE FORA - MÉDICOS FARÃO ASSEMBLÉIA NA CÂMARA MUNICIPAL.

Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora (03/06/2009).
=======================================
<<<<<<< * TELEGRAMA SINDICAL * >>>>>>>
=======================================
ASSEMBLÉIA GERAL PERMANENTE DOS MÉDICOS DA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA MANTÉM MOVIMENTO PELAS NEGOCIAÇÕES COLETIVAS DE 2009.
=======================================
*** ASSEMBLÉIA GERAL DOS MÉDICOS DA PREFEITURA NO DIA 10 DE JUNHO DE 2009, QUARTA-FEIRA, ÀS 10 (DEZ) HORAS, NA CÂMARA MUNICIPAL. PARALISAÇÃO NOS DIAS 09 E 10 DE JUNHO. OS MÉDICOS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE E DA ATENÇÃO SECUNDÁRIA NÃO DEVEM COMPARECER AOS SEUS LOCAIS DE TRABALHO. ***
=======================================
Foi expressivo o número de médicos da Prefeitura de Juiz de Fora que compareceu à Assembléia da categoria. Estiveram presentes a Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Sra. Eriane Pimenta, a Ouvidora Municipal de Saúde, Samantha Bouchar, os vereadores José Tarcísio e Luiz Carlos, o Presidente do Sindicato dos Odontólogos, Dr. Werneck, acompanhado pelos Drs. Setembrino e Amanda, que constituem sua assessoria jurídica, repórteres e jornalistas. As representantes do Conselho Municipal de Saúde, os representantes sindicais e os vereadores manifestaram compreensão e apoio ao nosso movimento.

O informe sobre a indiferença, manifesta até agora da administração de Custódio de Matos diante do mais grave problema do SUS, deu a tônica dos debates. Da pauta de reivindicações aprovada em Assembléia pelos médicos da Prefeitura, nem seguer um ponto foi total ou parcialmente aceito pelo representante da administração.

A causa dos médicos da Prefeitura não é uma causa particualr, de uma classe apenas. Ela é de interesse público relevante. Envolve toda a população, na medida que o êxito dessa luta dos médicos irá se refletir na melhoria geral das condições de atendimento no sistema público de saúde, o SUS de Juiz de Fora.

A indiferença da administração de Custódio de Matos, até agora manifesta quanto às reivindicações médicas, não é relativa apenas aos servidores públicos, mas a toda a saúde pública. Para a continuidade na nossa causa justa, a Assembléia deliberou que será realizada uma paralisação nos dias 09 e 10 de junho próximos, com Assembléia na Câmara Municipal às 10 horas de quarta-feira (10/06). O indicativo de greve está mantido. Será solicitada uma audiência com o Prefeito, para que se ele conheça a inteireza de nossa reivindicações. Nas negociações com o Secretário Vítor Valverde deverão comparecer representantes do PSF e do Sindicato dos Odontólogos. O trabalho de esclarecimento da população será reforçado. Os médicos do PSF solicitarão a retomada da comissão paritária para discutir a questão do seu vínculo empregatício (AMAC).

Com essas deliberações firma-se a posição dos médicos da Prefeitura em defesa da Saúde do povo de Juiz de Fora.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo