quarta-feira, 19 de agosto de 2015

#CRISEnoSUS - Campo Grande - MS - Falta de respeito ao trabalho dos médicos no serviço público de saúde

Retratos da #CRISEnoSUS - MS - Campo Grande - Prefeitura não deposita pagamento e médicos continuam em greve

O trabalho médico no SUS tem uma característica que frequentemente se repete: a falta de respeito. Essa falta de respeito ganha forma em salários vis, deterioração das condições de trabalho, atrasos,, terceirizações. O SUS tem seus defensores que não enxergam que o sistema tem um calcanhar de Aquiles na sua falta de política séria e consistente de recursos humanos. Diante desses defensores, não é difícil concluir que o sistema não precisa de inimigos. 

Aqui temos publicado, a cada dia, retratos da crise no SUS. Agora vai mais um. Sem pagamento, médicos de Campo Grande decidem manter a greve. Se quiser, pode ler a matéria completa em:Prefeitura não deposita pagamento e médicos continuam em greve - Correio do Estado

A Prefeitura de Campo Grande não depositou o salário dos médicos nesta terça-feira (18) e a categoria permanece em greve. O pagamento estava previsto para a data desde julho, por conta do escalonamento feito pela administração municipal.
Na segunda-feira (17), em uma reunião entre representantes da prefeitura e do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul (Sinmed) ficou acordado que a categoria iria aguardar o comprovante do depósito para marcar uma assembleia e decidir pelo fim da paralisação. Em contrapartida, a prefeitura se comprometeu a não fazer escalonamento do próximo pagamento.
A assessoria de imprensa do Sinmed disse ao Portal Correio do Estado que não foi acusado o pagamento e, por este motivo, a greve continua nos mesmos moldes. Não há assembleia marcada para definir os próximos passos do movimento.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo