quinta-feira, 30 de julho de 2015

Pacto federativo: Estado do Rio Grande do Sul poderá parcelar salários dos servidores estaduais.



O Palácio Piratini deve anunciar na sexta-feira (31), na data limite para o pagamento do funcionalismo, se vai ou não parcelar os vencimentos de julho. Um documento que circula entre os servidores, não confirmado pelo governo, diz que o pagamento será feito até o teto de R$ 1,8 mil. Servidores que ganham acima desse limite receberiam o restante parcelado.
Em Brasília, onde participou de uma reunião com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, para solicitar auxílio financeiro para o estado, o governador José Ivo Sartori não confirmou o parcelamento, mas pediu a compreensão dos servidores.
"Nós fizemos todo o esforco e ainda estamos fazendo para resolver essa situação, e espero a compreensão de todos. Chegamos naquilo que nós não desajávamos, mas eu espoero que a arrecadação suba no dia de hoje e amanhã até meio dia também tenhamos mais recursos", disse o governador.
Na quarta-feira (29), uma reunião com pelo menos 40 entidades de servidores públicos na sede do sindicato dos professores (Cpers-Sindicato) definiu uma paralisação de 24 horas na próxima segunda-feira (3) caso o governo estadual anuncie parcelamentos de salários.
Leia a matéria completa em -> G1 - Servidores do Estado protestam contra parcelamento de salários - notícias em Rio Grande do Sul

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo