terça-feira, 21 de julho de 2015

Terceirizações - Falso médico recebeu R$ 80 mil por um mês em Franca, SP, diz Cremesp - notícias em Ribeirão e Franca

O movimento sindical tem a obrigação moral de repelir as terceirizações irregulares que devastam o sistema público de saúde, senão sua coerência não vai valer nada. Cinismo e indiferença diante de escândalos como esse equivalem a uma cumplicidade criminosa, cujas justificativas, sempre baseadas no "coitadismo", terminam sendo pretexto para a criação de um serviço de saúde de terceira classe, uma verdadeiro  "vale tudo" para as pessoas mais necessitadas.



Empresas terceirizadas para exercer atividades-fim no serviço público de saúde contrataram falsos médicos para exercerem funções próprias de médicos. Os empreiteiros das terceirizações na saúde, além de consultores, agências e consórcios fazem escoar pelo ralo as verbas destinadas à saúde. O Ministério Público, cuja preocupação centra-se na carga horária da categoria dos médicos, especificamente, não tem investigado essas situações. As terceirizações irregulares são toleradas e até incentivadas pelo Ministério da Saúde, embora o ministro seja do partido "dos trabalhadores". Mas nessa hora não vale o direito trabalhista. O SUS está se transformando em um vale tudo para as relações de trabalho. Esse escândalo foi descoberto porque a polícia constatou a existência de falsos atestados de óbito atestado por falsos médicos terceirizados. 



Vejam o que aconteceu nesse caso:







Um dos supostos falsos médicos investigados por fraude pela Polícia Civil em Sorocaba (SP) trabalhou por seis meses em 2014 no Pronto-Socorro Dr. Álvaro Azzuz, em Franca (SP). Segundo o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Pablo do Nascimento Mussolim chegou a registrar que atuou na unidade por 30 dias sem descanso, e recebeu um salário de R$ 80 mil.
Segundo a polícia, Mussolim utilizava o CRM e o nome de Pablo Galvão, um médico que atua no Rio Grande do Norte
G1 - Falso médico recebeu R$ 80 mil por um mês em Franca, SP, diz Cremesp - notícias em Ribeirão e Franca

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo