segunda-feira, 8 de setembro de 2008

APAGÃO DA SAÚDE NO BRASIL - RETRATOS DA CRISE:PERNAMBUCO E PARÁ.

BRASIL: APAGÃO DA SAÚDE - BELÉM - GREVE DA SANTA CASA.

Belém – PA - Da Série BRASIL – APAGÃO DA SAÚDE.

Para Dr. Valdir Cardoso, a greve dos médicos do Pará poderá tomar o mesmo rumo do movimento em Pernambuco: o pedido de demissão em massa. Segundo declarou em seu blog, o plano de carreira continua sendo apenas promessa de campanha da Governadora Ana Júlia e as propostas do governo do Pará são apenas penduricalhos. Não há perspectiva porque o pensamento dominante entre os governantes é de que os serviços funcionem, “de qualquer jeito”, não havendo compromisso com a população assistida. Quando o movimento médico se articula e cresce, pela força da união dos profissionais, eles tentam sempre desqualificá-lo e jogar a população contra os doutores. Muitas pessoas pensam que médicos são bem remunerados. Se conhecessem a realidade dos contracheques dos médicos do SUS teriam uma triste surpresa.

O sistema público de saúde deve se tornar um lugar mais hospitaleiro para os médicos que nele atuam.

Postado no Setembro 5, 2008 de waldircardoso

Aos amigos que acompanham minhas reflexões neste blog peço que me desculpem pela interrupção temporária de minhas postagens. Imaginei que seria possível mantê-las durante a campanha eleitoral. Me enganei redondamente. Há dias tenho informações e nada posto por absoluta falta de tempo. A greve na Santa Casa, por exemplo. Segue o “script” que traçei no dia 25 deste mês, exatamente no dia de sua deflagração, confiram. Hoje, ouvi no rádio que o Presidente Lula criticou a greve nos serviços essenciais, particularmente a greve de médicos. Falou estimulado pela demissão de 400 médicos da rede pública de Pernambuco. O movimento dos colegas pernambucanos está forte. O Sindicato Médico do estado é organizado e competente. O governo de lá, está acusando o golpe, apelou para a fala presidencial a fim de desqualificar e jogar o movimento dos médicos contra a população. O Presidente, assim como a nossa Governadora e 99% dos governantes preferem que a população seja atendida de qualquer jeito. Para eles o importante é que o serviço esteja “funcionando”. Entre aspas mesmo. Aos médicos da Santa Casa do Pará não restará outra alternativa senão seguir o exemplo dos médicos de Pernambuco. Ou aceitar os penduricalhos que estão sendo oferecidos. O Plano de Carreira continua sendo apenas promessa de palanque.

http://waldircardoso.wordpress.com/<o:p>

Technorati Tags: , , , , , , ,
-o-0-o-

SINDICATO DOS MÉDICOS DE RONDÔNIA SOLIDARIZA-SE COM MOVIMENTO MÉDICO EM PERNAMBUCO.

SINDICATO DOS MÉDICOS DE RONDÔNIA DIVULGA MANIFESTO DE APOIO AO MOVIMENTO MÉDICO EM PERNAMBUCO.

SIMERO apoia o Movimento dos Médicos de Pernambuco

O SIMERO, Sindicato Médico de Rondônia, solidariza-se ao Movimento dos Médicos de Pernambuco.

Há anos o trabalho médico vem sido desvalorizado!

É hora de tomarmos uma decisão séria e de reivindicarmos seriamente melhorias das condições de trabalho, melhorias salariais e respeito!

O antigo Ministro Ciro Gomes afirmou em seu governo:
MÉDICO É FEITO SAL: BRANCO, BARATO E ENCONTRA-SE EM QUALQUER ESQUINA.

Até hoje não respondemos a esta provocação. É chegada a hora de darmos um basta e exigirmos DIGNIDADE AOS MÉDICOS.

ADERIR AO MOVIMENTO É NOSSA OBRIGAÇÃO!!!

NÃO FURE O MOVIMENTO!

MAIS DIGNIDADE À NOSSA PROFISSÃO!
MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO!
MELHORES SALÁRIOS!
MAIS SAÚDE PARA A POPULAÇÃO!

A HORA É ESSA!
http://sm-rondonia.zip.net/
Technorati Tags: , , , , ,

Um comentário:

Anônimo disse...

Hoje no Blog Fala Médico: Médicos apontam a importância do piso salarial. Entre no blog, confira a matéria e dê sua opinião!
http://falamedico.wordpress.com/

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo