segunda-feira, 29 de setembro de 2008

MINISTRO DA SAÚDE PREOCUPA-SE MAIS COM NÚMEROS DO QUE COM A MALÁRIA

BRASIL ´- APAGÃO DA SAÚDE: MALÁRIA PODE ESTAR ATACANDO MAIS DE UM MILHÃO.



Gestão Temporão no Ministério da Saúde. Ele não acaba com o mosquito mas quer derrubar os números da ONU. Estatística maquiada não traz saúde para as vítimas.




Brasil - Ministério da Saúde não consegue controlar casos de malária, mas se preocupa com os números.




28 de Setembro de 2008 - 19h30, matéria da Agência Brasil(de autoria de Mariana Jungmann), na página http://tinyurl.com/4hpvbh , informa que Diretora-geral da OMS diz que vai rever dados sobre malária no Brasil. Ela prometeu isso ao Ministro Temporão. O mesmo que estava sorridente ao lado do Sérgio Cabral Filho quando ele ofendeu médicos do Hospital Getúlio Vargas chamando-os de vagabundos e safados. Temporão não mostra eficiência para combater a malária, mas quer que os dados sejam corrigidos. A seu favor. Ele não se envergonhou em dizer que 550 mil brasileiros estão oficialmente com malária. Ele não quer que o mundo saiba que um dos resultados do apagão da saúde pode ser um milhão e quatrocentos mil brasileiros podem estar com malária. Muitos sem diagnóstico. Muitos sem tratamento. E o Ministro acha que fundação estatal e outras soluções que impliquem precarização de mão de obra podem matar mosquitos e curar doentes. A popularidade do Presidente Lula e seus êxitos nos campos social e econômico está servindo de guarda-chuvas para um Ministro da Saúde que merece estar em questão.


Technorati : , , , , , , ,
on 29 -Setembro- 2008 at 9:51 pm


Tags: , , , , , , ,

O URI para Trackback deste artigo é: http://faxsindical.wordpress.com/2008/09/29/brasil-%c2%b4-apagao-da-saude-malaria-pode-estar-atacando-mais-de-um-milhao/trackback/Feed RSS dos comentários deste post.








Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Sindicato Expresso

SINDMED-JF

SINDMED-JF
A luta sindical na Internet.

PARA INDICAR O SINDICATO EXPRESSO, CLIQUE NO LINK ABAIXO.

Indique este Site!

ASSINE O SINDICATO EXPRESSO - GRÁTIS E RECEBA EM PRIMEIRA MÃO.

Receba Sindicato Expresso por e-mail

Grupos do Google
Participe do grupo Sindicato Expresso
E-mail:
Visitar este grupo